A paixão e a razão de torcedor

Com o seu terceiro técnico em 2011, o Grêmio atualmente não traz nada além de esperanças a nós, os (sempre) sonhadores torcedores.
O que me deixa triste é que estamos ficando acostumados, após uma década sem ganharmos um título sequer, a ficar sempre com as esperanças frustadas e comemorar apenas vagas que não nos trazem nada no ano seguinte.

Não podemos nos enganar, nem nos contentar com a saída da Zona do rebaixamento. Inegavelmente o Juarez Roth, tirou o Grêmio do Z4. Mas isso é o suficiente?
Bastou o Grêmio ter algumas vitórias no segundo turno, para muitos dos torcedores apoiarem o treinador (que nunca ganhou nada com o Grêmio em nenhuma das várias vezes que passou por aqui).

Podem me chamar de implicante, mas não quero esse treinador em 2012! Hoje eu vejo um Grêmio instável e que não mantem o ritmo de vitórias que precisaria manter para almejar algo maior, algo do tamanho do Grêmio.

Finalmente acertamos em algumas contratações e o time está mais sólido. Vejo um meio de campo inteligente e excelentes atuações dos nossos laterais.
O esquema tático mais acertado que jogamos este ano, na minha humilde opinião foi justamente o 4-2-3-1. O curioso é que essa formação foi um acidente da natureza.

Com mais de 25 lesionados ao longo de 2011, o técnico atual acabou descobrindo forçadamente esta fórmula de "sucesso". Jogadores em excelente fase atualmente como o Fernando, Escudero e Saimon tiveram chances no time e viraram titulares. Infelizmente o Saimon também se machucou e acabou propiciando o retorno do "eterno" Rafael Marques.

Também na sua terceira composição do ano, vejo a preparação física, comandada por Paulo Paixão, no mínimo questionável.
O Sr. Paulo Paixão é um excelente profissional e já fez muito pelo Grêmio, mas com tantas lesões me pergunto: não há algo errado nos bastidores?!?!
É normal TANTAS lesões? Não teria o Grêmio a maior média de lesões do campeonato este ano?

Além disso, para mim é muito claro que nos falta um centroavante! Ao Brandão, sobra vontade e falta MUITA técnica e até coordenação. Entendo que até o André Lima poderia estar melhor no seu lugar, apesar de também ter enfrentado lesões.

A nossa opção agora, com todos no DM é o Mamute. Um menino que nasceu em 1995... Tenho certeza que o garoto tem muito potencial, e pode vir a estourar!
Mas não podemos colocar tanta responsabilidade no menino. Isso pode acabar inclusive o atrapalhando.
Precisamos de mais uma opção para o time!

Enquanto o nosso Presidente se preocupar mais com política e com a obra da Arena do que com o futebol, continuaremos passando por isso.
Infelizmente o Odone continua no próximo ano e provavelmente o Juarez Roth também!

Sei que não conseguimos torcer contra o Grêmio em hipótese alguma e sempre queremos ganhar.
Por isso temos que fazer uma campanha urgente contra a permanência desde treinador!

Chega de nos contentarmos a fugir do Z4 e disputar muito por uma vaga sempre desperdiçada!

Diga NÃO ao Celso Roth em 2012!