Confronto contra o Coritiba

O Grêmio não terá Douglas, suspenso, para o confronto deste sábado contra o Coritiba, na capital paranaense. Noticia-se que Miralles, um dos possíveis substitutos, está fora da partida, com dores no joelho (estranhamente conveniente...), assim como André Lima. Celso Roth alternou com Clementino e Gilberto Silva no treino desta sexta-feira para o lugar de Douglas.

Convém ao nosso treinador tentar, tanto quanto possível, manter a estrutura do time que vem jogando. Assim, sou da opinião que deve entrar um meia ou, na pior das hipóteses, um 2º atacante no lugar de Douglas. Além do mais, Celso já demonstrou não alcançar bons resultados quando começa com "invencionices".

Apesar da recente reação, ainda são escassas as chances de o Grêmio conseguir algo melhor neste campeonato. Contudo, a esperança, como se sabe, é a última que morre (depois do América/MG). Qualquer perspectiva de futuro na competição passa por uma vitória ou, na pior das hipóteses, por um empate no difícil jogo de Curitiba. Somente um desempenho diferenciado nos 11 jogos restantes trarão ao Grêmio algum alento.

E, para quem quer este alento, cito o exemplo de 2009: na 27ª rodada, o líder era o Palmeiras, com 53 pontos. O Flamengo sequer figurava entre os 4 primeiros da competição. Ao final do campeonato, o time carioca foi campeão com 67 pontos e o Palmeiras não conseguiu nem uma vaga para a Libertadores. Foi, no entanto, uma situação de exceção, a única vez, pela nova fórmula, em que o campeão fez menos de 71 pontos.