Grêmio, Nada Pode Ser Maior

O Flamengo vem a Porto Alegre para enfrentar o Grêmio neste domingo. Lamentavelmente, a falta de perspectivas do Tricolor Gaúcho no Campeonato Brasileiro transformam a presença de Ronaldinho no assunto mais comentado a respeito da partida.

As manifestações que, diz-se, boa parte de nossa torcida estão preparando, são legítimas. Afinal de contas, como bem disse um amigo, o dinheiro pode comprar muitas coisas, mas o respeito não é uma delas, e a maneira como Ronaldinho e o irmão Assis conduziram a negociação com o Grêmio no início do ano, sob a batuta do maestro Odone, deixaram a certeza de que a família Assis Moreira não tem a devida consideração com o clube que projetou os irmãos para o futebol.

Certamente não podemos deixar que fatos desta natureza caiam no esquecimento. Temos que lembrar dos erros do passado e aprender com eles para não repeti-los. Contudo, o Grêmio - o clube - está acima de tudo, e é muito maior do que quaisquer Ronaldinhos que venham a escrever poucas linhas em sua enorme história de glórias. Tenho convicção de que as manifestações de todos os torcedores serão contundentes, porém pacíficas, fazendo jus ao slogan carregado pelo nosso clube.