NOTA OFICIAL DE REPÚDIO À PUNIÇÃO DA TORCIDA GREMISTA

O movimento Sócios Livres – Grêmio de Todos vem a público repudiar a nova suspensão da Torcida Geral do Grêmio imposta pelo Juizado do Torcedor em audiência ocorrida no dia de hoje. Segundo informações divulgadas pela imprensa, a punição se deve ao fato da Geral “usar materiais de identificação no Mundial, em Abu Dhabi, e na Recopa, na Argentina”, enquanto vigente uma suspensão anterior. A sanha punitiva do poder público (Ministério Público e Juizado do Torcedor) é tamanha que alegaram que “se aplica a lei brasileira fora do Brasil mediante um crime cometido por um brasileiro”.

A toda evidência, a condenação imposta extrapola em muito o “devido” processo legal. Estamos diante de decisões que tipificam o próprio ato de TORCER. Se alguém torcer usando a camisa de uma torcida organizada no outro lado do mundo, vai estar cometendo um ato criminoso. Mais adiante, vão querer proibir o torcedor de usar a camisa oficial do Clube.

Não há dúvidas que esta nova condenação é um grande absurdo, pois prega punição independentemente de qualquer ato de violência. Prega a punição pelo simples fato de torcer pelo Clube. Ora, resta clara a intenção de estigmatizar como “violentos” não só uma torcida organizada, mas toda a Torcida Gremista, de forma coletiva e indiscriminadamente.

Aliás, ainda quando não há brigas, ou mesmo não havendo torcidas organizadas, o ato de torcer está sendo censurado. Não pode faixas, não pode bandeiras, não pode tambor, não pode instrumentos musicais, ... só não proibiram o grito do torcedor (ainda).

Enfim, é inaceitável que instituições públicas insistam com esta tentativa de estigmatizar um determinado seguimento da torcida Gremista. Saibam eles que este é um ataque não apenas a um grupo organizado, mas também uma afronta à instituição Grêmio e aos seus milhões de torcedores. Não vão conseguir nos proibir de torcer e vibrar pelo manto azul, preto e branco. Como diz o ditado estampado em trapos das arquibancadas tricolores:  JAMAIS NOS MATARÃO!