O Grêmio, a Libertadores e os Argentinos

Eu tenho o privilégio de ter assistido a todas as Libertadores que o Grêmio participou, isto só é possível para quem tem mais (meu caso), ou quem esta beirando os 40.

A Libertadores tem uma coisa que mexe com quem tem a alma Azul, Preto e Branco, ela é diferente, instigante, desafiadora, e nós, gremistas, adoramos estar nela. Mas, um jogo de Libertadores contra um time Argentino, parece ser MAIS LIBERTADORES do que o normal, sei lá se isto tem a ver com aquele jogo em 1983 contra o Estudiantes em La Plata, sei lá, mas é diferente jogar contra os Argentinos, pelo menos para mim é.

Hoje é segunda e o meu coração já fica batendo diferente na espera do jogo de quinta, contra o Newell's Old Boys, só pelo fato de saber que: lá vem os argentinos, sua catimba, sua técnica, este ar de Libertadores com cara de MAIS LIBERTADORES que o normal.

Mas, como somos o time com a alma mais "castelhana" deste pais, sei que iremos ganhar no futebol e em tudo que acontece neste tipo de jogo (Libertadores de times grandes), e, para isto, já estou imaginando a torcida tricolor lotando a Arena e empurrando no grito o nosso time, pois também sei que aquele espaço da torcida adversária estará lotado, afinal são argentinos.

Contando hoje, ainda faltam 4 dias para o jogo e já estou sentindo o clima, aquele clima de LIbertadores, que nós gremistas tanto gostamos.

Espero todos os gremistas na Arena na quinta, pois: "Somos de Grêmio, Libertadores te quero ver ganhar"!