O mundo e o Grêmio!

Em 1996 a camiseta tricolor foi a camiseta de clube de futebol mais vendida no mundo, 410.000 camisetas do Tricolor contra 362.000 do Barcelona, que ficou na segunda posição. Na época, nem se falava em Marketing esportivo como se fala hoje.

Desde então, não conseguia mais mensurar o que é esta marca/nome Grêmio no mundo, então, veio a Copa do Mundo e nem tivemos a nossa Arena escolhida para sediar os jogos aqui na nossa cidade (pelas razões políticas que todos conhecemos), pensei, puxa que chance perdemos de mostrar mais uma vez ao mundo o que é o Grêmio.

Porém, vejo que o mundo do futebol não esquece dos que são grandes, senão vejamos, tivemos jogadores da Suíça e da Alemanha usando nossa gloriosa camisa tricolor, não sei se tiveram mais jogadores que usaram.

Ainda, o técnico da Argentina, nosso ex jogador Sabella, após o jogo contra a Holanda, falou ao mundo que quando jogou no Grêmio aprendeu com o técnico, creio que o grande Valdir Espinosa, lhe ensinou que para ganhar era preciso ocupar todos os espaços.

Depois, ouvi o técnico da Holanda, Van Gaal, citar a final de 1995 pelo mundial entre clubes, quando o Grêmio, com 1 jogador a menos (Rivarola, primeira expulsão por vídeo na história do futebol), foi mais time que o Ajax (grande sensação da época e base da seleção holandesa). E lá está o nome do Grêmio sendo divulgado para todo o mundo.

Sei que nosso marketing atuou muito bem nos espaços locais, como aeroporto e shopping, mas não podemos deixar esta necessidade mundial de falar e vestir o Grêmio descoberta. Não podemos privar este pedido do mundo em consumir a marca GRÊMIO.

Vamos Grêmio, vamos novamente dar ao mundo o que ele está pedindo, vamos novamente ser a camiseta mais vendida, vamos novamente trabalhar para conquistar o que já foi nosso!!

VAMOS GRÊMIO!!!