Sentimento de um Gremista – por Paulo Baisch

Hoje se inicia uma nova etapa no nosso querido Gremio. Para podermos progredir precisamos reavaliar os nossos erros, e mudar atitudes e procedimentos. Já dizia um grande cientista: "Loucura é continuar fazendo a mesma coisa e querer resultados diferentes". Todos sabem que eu sempre disse que com esse time e essa direção nós não ganharíamos nada de importante. Muitos não entenderam, houve até os revoltados. Espero que hoje muitos estejam entendendo. Esse é o nosso pior defeito. O tempo passa, o Grêmio continua perdendo, nada é feito para mudar essa sofrível realidade, e muitos preferem continuar atrás de um discurso inconsequente de imortalidade. Hoje temos um time médio com uma administração fracassada. Somos inferiores aos limitados times do Curitiba e Palmeiras. Essa é a nossa realidade. Então o que fazer?

1- Torcida: A torcida precisa parar de fazer esse discurso de imortalidade, e assumir a sua responsabilidade no Grêmio. A torcida precisa se regimentar e passar a ação, sendo mais crítica e mais pró ativa. Até hoje não se sabe a posição de nossas Organizadas em relação a administração Odone.

2- Torcedores Sócios - é o momento de intensificar a procura de um candidato a presidência que tenha um Planos adequados ao momento crítico do Grêmio, e que integre as propostas de ações gerenciais e de desenvolvimento dos principais grupos políticos do Grêmio. Portanto é o momento de convergência e não de dissidência.

3- O Conselho Deliberativo: Todos os seus integrantes, certamente gremistas, deveriam fazer uma profunda autocrítica, deixando de lado as vaidades e o apoio incondicional a essa administração fracassada, ou seja, pensar no Grêmio.

4- Administração Odone : Essa administração se mostrou incompetente em tudo que fez, e infelizmente não teve oposição alguma, nem da torcida, nem dos grandes tricolores, nem de ninguém. Todos nós somos responsáveis por isso, e repito o que eu já disse, nós merecemos a administração Odone. Bem, o que eu posso pedir para uma administração que comprometeu as finanças do Grêmio contratando 20 jogadores, e até agora não temos um time? Posso pedir uma coisa, que o Odone e companheiros não piorem o Grêmio até o fim do ano, que felizmente marcará o fim dessa administração.

5 Para todos os Tricolores: Não se escondam atrás de desculpas esfarrapadas, de erros de arbitragem ou azar, atrás de discursos messiânicos, ou de um amor incondicional ao Grêmio. Os problemas do Grêmio e são dentro do próprio Grêmio.

O Grêmio precisa da nossa ajuda e agora.

Paulo Baisch