Tá, mas estamos aqui pela camisa do Grêmio!

Sim, sabemos que o Grêmio não merece ter Pacheco e Rui Costa comandando o futebol, mas o Grêmio tem uma camiseta histórica, forte, pesada, daquelas que entortam o varal.

Sim, sabemos que existem erros  numa gestão que é feita de amigos para amigos, mas nesta semana o que importa são as três cores de nossa vida, o azul, o preto e o branco.

Sim, sabemos que existem carências em nosso time, mas aquele símbolo que está no peito do manto tricolor, abaixo das estrelas de nossas históricas conquistas terá que ser maior que tudo isto.

Que nesta quinta-feira contra o Rosário Central, na Argentina, com o placar adverso, este símbolo que está no peito seja muito maior que o nome de cada jogador que está nas costas de nosso manto.

Que a nossa histórica camiseta, seja mais importante que a briga pelo status dos que estão na gestão de nosso clube.

Saibam todos, que sempre esta camiseta estará acima de qualquer um que vista ela, portanto, honrem este manto e voltem da Argentina como GRÊMIO!